sexta-feira, 16 de abril de 2010

Carrega-me

Carrega-me contigo pássaro-poesia, a viagem que tenho feito é casca, palha, não profunda, não essência. Carrega-me contigo para o absoluto, para o abismo, o fosso, a entranha do homem. Não quero falar de coisas banais, de cotidianos, quero algo além. Quero falar de ti, poesia, quero viver pra ti, poesia, e declamar todo meu ser, hoje e amanhã...