sexta-feira, 22 de outubro de 2010

Gente Esquisita

   Você já parou pra pensar o quão esquisito você pode ser? Eu já. Inclusive, até que me prove o contrário, todo mundo é esquisito. Principalmente quando se está sozinho. Quantas inúmeras esquisitices não devem acontecer dentro dos apartamentos em todo o mundo? Me dá medo de pensar, mas é uma realidade.
   Ser esquisito não quer dizer que você seja uma pessoa anormal, nem que isso seja ruim. Bem pelo contrário. Defendo a idéia de que o normal é ser esquisito.
   Normalidade é só uma forma que criamos para não nos sentimos sozinhos no mundo, mas por mais que me doa ter que dizer isso, preciso falar: você está sozinho. O máximo que pode acontecer é aparecer alguém que queira compartilhar a esquisitice com você, mas isso não os torna normais, nem companheiros em esquisitice, e nem parecidos.
   É só encontrarmos pessoas com esquisitices semelhantes às nossas que começamos a achar que elas são normais, mas não são! Isso é coisa de gente doida e carente. E se alegre por isso, ser diferente, esquisito e estranho é bom. Acredite! No fundo é bom, mesmo que você se sinta sozinho. O melhor caminho é rir das esquisitices de cada um e tentar entende-las, mesmo que isso seja impossível na maioria das vezes.

7 comentários:

Ramon disse...

O problema é que o ser humano acha que a esquisitice alheia é sempre pior! haha

Parabéns pelo blog! Excelentes textos!

p_barreto disse...

eu sempre soube q eu era esquisito, mas nunca quis admitir!

Dan disse...

ser esquisito é um estado de espírito.
ehehe

gostei do blog!
abraço

bruniuhhh disse...

acho q ser esquisito faz parte do ser humano e as esquisites é o faz também feliz

Thaia disse...

Texto esquisito... :P

Carlos Wavel disse...

Gostei do post e do blog. Você me fez pensar na vida bem no meio do feriado!
E concordo, estamos sozinhos.
Só temos que ter cuidado em sermos inteiros, sem precisar de alguém para usar de muleta. Você acerta quando escreve sobre compartilhar, pois isso é relacionamento. O difícil é sermos inteiros e achar outra pessoa que também seja.

E esquisitices, todos temos, mas vale reforçar que também temos virtudes.

Anônimo disse...

Bastante verdade...